Serenatas e Serenins: prática musical e encenação do poder régio no Palácio da Ajuda em finais do século XVIII, segundo o testemunho de um viajante francês

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34629/rcdmt.vol.1.n.1.pp9-33

Palavras-chave:

Palácio da Ajuda, Sala dos Serenins, Dona Maria I, Música em Portugal no século XVIII, Música e poder, Viajantes estrangeiros em Portugal, Relatos de viagem, Estratégias de representação

Resumo

A música nas cerimónias de corte está frequentemente associada a representações de poder, sublinhando ou atenuando determinados aspectos que nos ajudam a compreender, para além das questões puramente musicais, também a acção política no seu todo. Neste artigo, é examinada a prática musical no Palácio da Ajuda no final do século XVIII, durante o reinado de D. Maria I, tendo por base o testemunho do diplomata francês Marc Antoine Marie, Marquês de Bombelles. Enquadra-se historicamente a construção do Palácio da Ajuda e a remodelação da Sala dos Serenins, abordando alguns dos seus traços decorativos característicos. De seguida, discute-se a questão da localização e utilização dos dois espaços do Palácio destinados à música. Examina-se a prática musical nesses espaços, com especial atenção à localização dos instrumentistas e demais intervenientes e, por fim, relaciona-se as apresentações musicais assim retratadas com a estratégia de representação política de D. Maria I, sugerindo-se algumas conclusões.

Biografia Autor

Inês Thomas Almeida, INET-md / FCSH / Universidade Nova de Lisboa

É musicóloga, doutorada em Ciências Musicais Históricas pela Universidade Nova de Lisboa e investigadora integrada do INET-MD/FCSH. Recebeu, pela sua tese “O olhar alemão: as práticas musicais em Portugal no final do Antigo Regime segundo fontes alemãs”, sob orientação de Rui Vieira Nery e financiada pela FCT, a classificação máxima por unanimidade. A sua investigação incide sobre música no século XVIII, relatos de viagem, mulheres e música, e redes culturais transnacionais. Recebeu por duas vezes a Bolsa de Mérito da Universidade de Évora, atribuída ao melhor aluno de cada curso. Viveu na Alemanha entre 2003 e 2016, onde criou uma ONG para o apoio à comunidade portuguesa em Berlim. Neste âmbito, foi responsável por inúmeras iniciativas de cariz cultural, social e humanitário e recebeu várias distinções pelos serviços prestados à comunidade. Foi docente na Academia Nacional Superior de Orquestra e tem artigos publicados em revistas científicas da especialidade

Referências

Abecasis, Maria Isabel Braga. 2009. A Real Barraca. A Residência na Ajuda dos Reis de Portugal após o Terramoto (1756-1794). Lisboa: Tribuna de História.

Almeida, Inês Thomas. 2021. "O Olhar Alemão: A Prática Musical em Portugal em Finais do Antigo Regime Segundo Fontes Alemãs". Tese de Doutoramento, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Bello Vázquez, Raquel. 2004. "«Dá Uma Risada Quando Ouvires...» Trangressão e Ocultamento em Teresa de Mello Breyner". In Mulheres Más. Percepção e Representações da Mulher Transgressora no Mundo Luso-Hispânico, editado por Ana Maria da Costa Toscano e Shelley Godsland, 1:159–75. Porto: Universidade Fernando Pessoa.

Beuvink, Aline Gallasch-Hall de. 2012. "A Cenografia e a Ópera em Portugal no Século XVIII: os Teatros Régios: 1750-1793". Tese de Doutoramento, Universidade de Évora. https://dspace.uevora.pt/rdpc/handle/10174/13265.

Bombelles, Marquis de. 1979. Journal D’un Ambassadeur de France au Portugal 1786-1788. Editado por Fondation Calouste Gulbenkian. Paris: Presses Universitaires de France.

Jung, Johann Andreas von. 1778. Portugiesische Grammatik. Nebst Einigen Nachrichten Von Der Portugiesischen Litteratur, Und Von Büchern, Die Über Portugall Geschrieben Sind. Frankfurt An Der Oder: Carl Gottlieb Strauß.

Kann, Roger. 1979. "Introduction". In Journal D’un Ambassadeur de France au Portugal, 11–22. Paris: Presses Universitaires de France.

Kuntz, Danielle M. 2014. "“Appropriate Musics For That Time”. Oratorio in the Exchange of Power at the Portuguese Court (1707-1807)". Tese de Doutoramento, University of Minnesota.

Lemos, Diogo. 2019. "A Real Barraca da Ajuda. Mapeamento e Reconstituição Históricos". Tese de Mestrado, Universidade de Coimbra.

Mendonça, Isabel Mayer Godinho. 2014. "Estucadores do Ticino na Lisboa Joanina". Cadernos do Arquivo Municipal 2a série (1): 185–220.

Sá Martins da Silva, Vanda de. 2008. "Circuitos de Produção e Circulação da Música Instrumental em Portugal Entre 1750-1820". Tese de Doutoramento, Universidade de Évora.

Downloads

Publicado

2022-07-25

Como Citar

Thomas Almeida, I. (2022). Serenatas e Serenins: prática musical e encenação do poder régio no Palácio da Ajuda em finais do século XVIII, segundo o testemunho de um viajante francês. RHINOCERVS: Cinema, Dança, Música, Teatro, 1(1), 9–33. https://doi.org/10.34629/rcdmt.vol.1.n.1.pp9-33

Edição

Secção

Artigos