O jornalista como fonte

Os casos dos podcasts Café da Manhã e Ao Ponto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34629/cpublica.69

Palavras-chave:

podcasts, jornalistas, fontes, prática profissional, continuum multimídia

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a motivação e os impactos nas práticas profissionais do uso de jornalistas como fontes nos podcasts Café da Manhã e Ao Ponto, dos jornais Folha de S. Paulo e O Globo, os dois maiores do Brasil. Para o atingir, foram realizadas uma análise quantitativa dos entrevistados dos dois podcasts durante um ano e entrevistas em profundidade com dois editores, um de cada podcast. Os resultados indicaram que profissionais do jornalismo foram entrevistados em 65,47 % dos episódios do Café da Manhã e em 68,12% dos programas do Ao Ponto. Estes percentuais elevados apontam que ambos os podcasts buscam suas pautas e a credibilidade das fontes em suas próprias redações, dentro da lógica de produção continuum multimídia nas redações. Ao mesmo tempo, este processo transforma o jornalista simultaneamente em produtor de conteúdo e em fonte-especialista, ficando responsável por garantir a credibilidade da notícia que produz.

Biografias Autor

Lucia Santa-Cruz, ESPM

Professora e Coordenadora-Adjunta do Mestrado Profissional em Gestão da Economia Criativa  MPGEC/ESPM Rio) e professora dos Cursos de Graduação em Jornalismo, Publicidade e Cinema da  m mesma instituição. Coordenadora do Laboratório de Estudos de Memória Brasileira e Representação o  MPGEC (LEMBRAR) e do Grupo de Pesquisa ESPM/CNPq Lembrar. Uma das fundadoras da Rede de Estudos de Memória e Comunicação (Rememora). Pesquisadora da Coordenação Interdisciplinar de Estudos Contemporâneos da UFRJ (CIEC-UFRJ); e do Grupo de Pesquisas Modos de Ver (ESPM/UFF). Membro da The International Media and Nostalgia Network (IMNN).
Áreas de pesquisa: Jornalismo de áudio; Economia Criativa e mídia; Estudos de Memória.

Adriana Barsotti, Escola Superior de Propaganda e Marketing

Professora do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC) da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Curso de Graduação em Jornalismo da mesma instituição. Integra a Rede de Pesquisa Aplicada em Jornalismo e Tecnologias Digitais (JorTec), da Associação Brasileira dos Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor). É membro do grupo Tempos: Temporalidade dos Meios Comunicacionais, Linguagem e Cotidiano, do PPGMC-UFF. É autora dos livros Jornalista em mutação: do cão de guarda ao mobilizador de audiência e Uma história da primeira página: do grito ao silêncio no jornalismo em rede. Áreas de pesquisa: Jornalismo digital; Podcasts; Convergência Midiática; Redes Sociais.

Referências

Barbosa, S. (2013). Jornalismo convergente e continuum multimídia na quinta geração do jornalismo nas redes digitais. In J. Canavilhas (Ed.), Notícias e Mobilidade: o Jornalismo na Era dos Dispositivos Móveis (pp.33-54). Livros Labcom.

Bonini, T. (2020). A ‘segunda era do podcasting: reenquadrando o podcasting como um novo meio digital massivo. Radiofonias, 11(1), 13-32.

Bourdieu, P. (2013). Capital simbólico e classes sociais. Novos Estudos CEBRAP, 96 , julho, 105-115.

Breed, W. (1999). Controlo social na redacção: uma análise funcional. In N. Traquina (Ed.), Jornalismo: questões, teorias e “estórias” (pp.152-166). Veja.

Café da Manhã, podcast diário da Folha e do Spotify, estreia com perspectivas para o novo ano. (2019, 1 de janeiro) . Folha de S. Paulo. <https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/01/cafe-da-manha-podcast-diario-da-folha-e-do-spotify-estreia-com-perspectivas-para-o-novo-ano.shtml.>

Duarte, J. (2015). Entrevista em profundidade. In J. Duarte & A. Barros (Eds.), Métodos e técnicas de pesquisa em Comunicação (pp. 98-109). Atlas.

A recriação de um ministério e os acenos de Bolsonaro ao centrão [episódio de podcast em áudio]. In Café da Manhã. Folha de S. Paulo <https://open.spotify.com/episode/7dtPtIMvy3dbxvx0cmgfmA?si=x0j8kzvuRh-fN5hrhfoTPw&dl_branch=1.>.

Flores, M. (2019, 10 de junho). Conheça os podcasts da Folha e veja dicas de como ouvir os áudios. Folha de S. Paulo. <https://www1.folha.uol.com.br/podcasts/2019/06/conheca-os-podcasts-da-folha-e-veja-dicas-de-como-ouvir-os-audios.shtml.>

Flores, M (2020, 1 de setembro). Ampliado, podcast Café da Manhã ganha terceiro apresentador. Folha de S. Paulo. <https://www1.folha.uol.com.br/podcasts/2020/09/ampliado-podcast-cafe-da-manha-ganha-terceiro-apresentador.shtml.>

Giddens, A (1991). As consequências da modernidade. Unesp.

Jerde, S. (2019, 18 de novembro) This is The Daily. Adweek. <https://www.adweek.com/performance-marketing/the-new-york-times-journey-into-audio-following-the-success-of-the-daily/. >

Lage, N. (2001). A reportagem: Teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Record.

Lisboa, S. & Benetti, M. (2015). O jornalismo como crença verdadeira justificada. Brazilian Journalism Research, 1(3), 10-29.

Miguel, L. F. (1999). O jornalismo como sistema perito. Tempo social, 11(1), 197-208.

O Globo estreia nesta segunda-feira podcast diário da Redação; saiba o que é e como ouvi-lo (2019, 28 de julho) . O Globo. <https://oglobo.globo.com/brasil/o-globo-estreia-nesta-segunda-feira-podcast-diario-da-redacao-saiba-que-e-como-ouvi-lo-23837883.>

Pinto, M. (2000). Fontes jornalísticas: contributos para o mapeamento do campo. Comunicação e Sociedade, 14(1-2), 277-294.

Sabbagh, D. (2011, 16 de junho). Guardian and Observer to adopt 'digital-first' strategy. The Guardian. <https://www.theguardian.com/media/2011/jun/16/guardian-observer-digital-first-strategy.>

Salaverria, R., García, J. A. & Masip, P. M. (2010). Concepto de Convergencia Periodística. In X. López García & X. Pereira Fariña (Eds), Convergencia Digital. Reconfiguração de los Medios de Comunicación en España (pp. 41-64). Universidade de Santiago de Compostela.

Soloski, J. (1999). O jornalismo e o profissionalismo: alguns constrangimentos no trabalho jornalístico. In N. Traquina (Ed.), Jornalismo: questões, teorias e “estórias” (pp. 91-100). Vega.

Silva, S. P. & Santos, R. S. (2020). O que faz sucesso em podcast? Uma análise comparativa sobre os podcasts mais populares no Brasil e nos Estados Unidos em 2019. Radiofonias 11(1), 49-77.

Yahya, H. (2021, 25 de janeiro). Grandes jornais mantêm circulação nos 2 primeiros anos de Bolsonaro. Poder 360. <https://www.poder360.com.br/midia/grandes-jornais-mantem-circulacao-nos-2-primeiros-anos-de-bolsonaro/>

Downloads

Publicado

2021-12-15

Como Citar

Santa-Cruz, L., & Barsotti, A. (2021). O jornalista como fonte: Os casos dos podcasts Café da Manhã e Ao Ponto. Comunicação Pública, 16(31). https://doi.org/10.34629/cpublica.69

Edição

Secção

DOSSIÊ TEMÁTICO: Os novos territórios do podcast