Silva, M. T. (Coord.), Gonçalves, J., Coelho, P. & Brites, M. J. (2021). Discurso de ódio, jornalismo e participação das audiências: Enquadramento, regulação e boas práticas. Almedina (Coleção Regulação dos Media). 138 pp. ISBN 9789724099743

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34629/cpublica.512

Palavras-chave:

discurso de ódio, jornalismo, democracia, literacias

Resumo

Com esta obra, quatro investigadores portugueses com trajetórias de investigação especialmente dedicadas às questões da democracia, do jornalismo e das literacias fortalecem a reflexão em torno do discurso de ódio, das suas implicações e dimensão no exercício jornalístico e nos espaços de debate e participação online que estes promovem. Ainda que as premissas que sustentam o livro se possam considerar complexas, pela falta de univocidade do termo ou pela complexa definição de imputabilidades sobre o mesmo, esta reflexão revela-se oportuna ao campo dos media não só porque o consolida, mas também porque através dela se consciencializam os jornalistas e a sociedade civil, ao passo que se apresentam estratégias de combate à problemática e à incivilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Margarida Maneta, Universidade Lusófona do Porto

Bolseira de investigação no projeto YouNDigital — Jovens, Notícias e Cidadania Digital (PTDC/COM-OUT/0243/2021), desenvolvido no Centro de Investigação em Comunicação Aplicada, Cultura e Novas Tecnologias. Coordena o Grupo de Trabalho de Jovens Investigadores da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação desde abril de 2022, data em que passou também a integrar a equipa da Revista Comunicando. É mestre em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e mestranda em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital na Universidade Lusófona.

Referências

Article 19. (2015). ‘Hate speech’ explained. A toolkit. Article 2019.

Richardson, J. & Milovidov, E. (2019). Digital citizenship education handbook. Council of Europe Publishing. https://rm.coe.int/168093586f.

Simões, R. B. & Camponez, C. (2020). Participação online e conteúdo ofensivo: limites ético-legais da liberdade de expressão nas redes sociais. In R. B. Simões, M. B. Marques & J. Figueira, Media, informação e literacia. Rumos e perspetivas (pp. 21-49). Imprensa da Universidade de Coimbra. http://hdl.handle.net/10316/89668

Silva, M. T. (2019). Literacia dos média e discurso de ódio. In M. J. Brites, I. Amaral & M. T. D. Silva (Eds.), Literacias cívicas e críticas: Refletir e praticar (pp. 31-42). Centro de Estudos Comunicação e Sociedade (CECS) – Universidade do Minho. http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/issue/view/258/showToc.

Downloads

Publicado

2022-12-15

Como Citar

Maneta, M. (2022). Silva, M. T. (Coord.), Gonçalves, J., Coelho, P. & Brites, M. J. (2021). Discurso de ódio, jornalismo e participação das audiências: Enquadramento, regulação e boas práticas. Almedina (Coleção Regulação dos Media). 138 pp. ISBN 9789724099743. Comunicação Pública, 17(33). https://doi.org/10.34629/cpublica.512